Dicas Para Eternizar sua Viagem Através de Fotos

. .

É difícil alguém não voltar de uma viagem com centenas de fotografias. Afinal, é uma experiência nova, em um lugar diferente e com muitas coisas bonitas e interessantes para registrar. Mas nem todo mundo tem conhecimento em fotografia e nem sempre se consegue gravar aquilo que está vendo da maneira como realmente é.

A boa notícia é que, seja com uma câmera profissional, com uma amadora, ou mesmo com o seu celular, é possível voltar da sua viagem com imagens incríveis, que vão fazer você lembrar desses momentos com muito carinho. E não precisa ser um fotógrafo profissional para isso. Mas seguir algumas regrinhas e dicas vai ajudar você a ter recordações ainda melhores dessa experiência. Confira algumas delas:

Enquadramento

Lembra quando você começou a fotografar e a regra era que tudo deveria estar exatamente no centro do visor? Bom, não é necessariamente assim. Existem diferentes ângulos que podem ser explorados na fotografia e que resultam em imagens ainda melhores. Uma regra fácil de seguir é a dos terços.

Imagine no seu visor um jogo da velha – algumas câmeras já possuem isso no próprio visor -, agora preste atenção nas interseções das linhas. Esses são pontos nobres da fotografia. Para um bom resultado, busque enquadrar o mais importante nesses pontos. Vale também ficar de olho nas linhas verticais e horizontais que marcam a foto. Seja criativo e busque novos e diferentes ângulos.

Luz

A luz, junto com o enquadramento, é um dos elementos principais de uma foto. Por isso, fique atento a ela. Para boas imagens, a luz é sempre bem-vinda, quanto mais melhor. Vale brincar com as diferentes luzes ao longo do dia, como o nascer e o pôr-do-sol, o sol do meio dia, até mesmo com a luz de um dia nublado, que costuma iluminar tudo mais homogeneamente. Evite usar o flash sempre que for possível. Ele acaba distorcendo um pouco as cores, sem contar o mico de sair por aí fotografando com o flash ligado. Dê preferência a entradas de luz, como janelas, portas, teto, entre os galhos das árvores, uma luminária e por aí vai. Fotos contraluz, aquelas em que aparece apenas a silhueta, também podem gerar bons resultados.

Paisagem

Quer tirar fotos das paisagens que estão diante de você? Vá em frente! Mas busque novos olhares para elas. Caminhe, circule e encontre as melhores formas de mostrar a beleza e a grandiosidade do lugar em que está. Encontre peculiaridades que só existem lá e registre-as.

Pessoas

Nem só de paisagens é feito um lugar. Por isso, olhe também para as pessoas que estão lá. Muitas vezes, mostrar a vida pulsando de uma cidade pode ter um resultado melhor do que apenas as belas ruas. Deixe a vergonha de lado e faça bons retratos de quem vive naquele lugar. Vai ser uma ótima recordação. Atenção apenas para não expor as pessoas em situações constrangedoras. Não é legal.

Detalhes

Mais do que admirar a grandiosidade de um lugar, fique atento aos detalhes. Às vezes, a grande foto que procura está lá escondida em um objeto típico, uma placa, uma pintura, uma porta. Abra sua mente e absorva a cidade como um todo.

Sem preguiça

Não espere que a fotografia se componha sozinha. Alguns lugares podem até parecer cenários prontos, mas, muitas vezes, vai depender de você encontrar a imagem ideal para guardar na memória. Por isso, não tenha preguiça de explorar. Caminhe, suba em muros, sente no chão, erga os braços, se esforce para que saia uma boa foto.

Apoio

Sempre que der, tenha um apoio para garantir que a foto não saia desfocada. Essa regra vale principalmente para fotos à noite. Já que carregar um tripé não é uma boa ideia, busque apoios alternativos, como mesas, muros, móveis, o que der.

Zoom

Se puder evitar o zoom, evite! Ele só é um boa ideia se você tiver uma câmera profissional. Caso contrário, caminhe, se aproxime do que quer fotografar, ou então depois, na edição, faça um corte. Lembre-se que, principalmente em celulares, quanto mais zoom, pior a resolução e maiores as chances de você não poder usar sua foto.

Aproveite

Em viagens, é comum a gente querer fotografar tudo que vê pela frente, afinal, tudo é muito diferente. Mas antes de sair por aí disparando flashes, lembre-se de aproveitar de verdade aqueles momentos. Não adianta você registrá-los e não ter realmente uma boa história relacionada com aquela imagem. Preste atenção não apenas nas paisagens, mas nas pessoas, nos sons, cheiros, esteja de mente e sentidos abertos para essa experiência que, com certeza, será incrível.

Encontre seu destino

A Exchange do Bem é uma agência de intercâmbio social que conecta voluntários com diversos projetos ao redor do mundo. São mais de 50 opções na África, Ásia e América Latina para você realizar seu trabalho voluntário no exterior. Além disso, destina 10% do seu lucro para ações sociais no Brasil.