Viajando Leve: Como viajar com menos itens

. .

Como viajar com menos itens? Um desafio da Era Moderna  

A modernidade nos trouxe novas tecnologias para viajarmos com menos. Assim, hoje temos as opções de roupas e malas de tecidos ultra leves sem perder a eficiência de serem impermeáveis e térmicos. Ou eletrônicos compactos, e tantas conexões e armazenamentos que podemos deixar na “nuvem” ou levar no celulares, sem termos de levar tudo em papel. Dessa forma, como viajar com menos itens acaba não precisando ser um grande desafio da era moderna. 

A área digital nos deixou mais “livres, leves e soltos”, porém cada vez mais as companhias aéreas reduzem a quantidade de bagagens que podemos levar ao viajar. Geralmente, viajar se tornou uma atividade mais leve, seja pela tecnologia ou pela restrição dos meios de transporte. Todavia, isso não deixa de ser um desafio na hora de lidar com o planejamento sobre o que é relevante levar consigo.

          1.           1. Quando e como planejar o que você vai levar?

Primeiramente, é preciso saber como são as condições climáticas do local para onde você vai viajar, e identificar especialmente a estação do ano de seu destino. Segundo, por que não considerar o local que você vai atuar e que tipo de atividades você vai fazer? Você vai estar no ao ar livre, no meio da floresta, perto de praias, no meio da cidade?

Então pensar no que você vai levar consigo deve ser mentalizado com razoável antecedência, dentro de no máximo 10 dias antes da sua data de ida. Pois ao fazer isso você evita uma mala feita de última hora com muitos itens em excesso e possíveis esquecimentos de coisas importantes a serem levadas.

           Grupo no Telegram Sobre Intercâmbio Voluntário

  1.           2. Como viajar com menos itens para o intercâmbio voluntário?

E quando falamos de um intercâmbio voluntário a primeira ideia que vem em nossa mente é levar itens que nos deixem confortável para nos mover e atuar em um projeto. E sim, é super importante ter conforto, versatilidade e utilidade na hora de explorar o seu novo destino.

É importante verificar a quantidade de bagagens disponíveis no seu bilhete aéreo. Recomendamos que para o voluntariado você leve roupas para “por a mão na massa”, sem apego emocional, e que possam ficar encardidas, sem peso na consciência. Recomendamos esse Checklist com Dicas do site Smart Travel de itens para preparar sua bagagem para seu intercâmbio voluntário. 

Algumas dicas são bem simples, levar itens com cores neutras e monocromáticas costumam ser uma excelente pedida. Certamente são itens que podem ser usados com várias roupas. Você pode ir alternando calças e camisetas para termos alguns “lookinhos” que sirvam para vários dias. Bem como consultar com o projeto se é necessário que você leve lençol de cama e toalha de banho, sempre vale à pena também verificar se é possível lavar a roupa no projeto. 

Caso você participe de atividade ao ar livre em contato direto com a natureza nos projetos de proteção aos animais, use tons neutros como por exemplo bege ou verde musgo. Tons de cores fortes como vermelho, amarelo e preto tendem a atrai mais a atenção de insetos. Cores fortes indesejavelmente podem lhe tornar um alvo. Decerto que calças compridas e camisetas de manga longa sempre ajudam as pessoas que são mais propensas à seres picados por mosquitos. Além de outros itens de proteção como chapéus, repelente e protetor solar. 

3. Qual seu “ponto-fraco” na hora de viajar com menos itens?

Algumas pessoas acabam tendo a problemas em reduzir itens específicos, como camisetas, sapatos, óculos de sol, itens eletrônicos, entre outros apetrechos. Primordialmente refletir sobre como viajar com menos itens é um exercício mental. Portanto, avaliar qual é o seu item crítico pode lhe ajudar na hora de escolher o que levar. 

Um tema polêmico para muitos acaba sendo o assunto sobre quantos sapatos devesse levar em uma viagem. “Minha maior vitória em viagens foi ter conseguido viajar 15 dias pelo Peru levando 3 pares de sapatos. Levei minha bota de trilha, um par de tênis e 1 par de chinelos. Confesso que para mim foi bastante difícil. Eu levei alguns pares de meias para ir trocando e lavando durante os dias junto com um potinho com talco para ir higienizando os sapatos. Portanto quem consegue viajar com menos que isso, tem a minha total admiração e respeito”.

quiz intercâmbio voluntário

  1.           4. Pesquise dicas de como viajar com menos, conhecimento compartilhado é poder!

Uma dica preciosa que uma amiga viajante me deu para viagens em destinos mais rústicos, é levar um pacote de lencinhos umedecidos para bebês. Conforme você não encontre água para tomar banho (por um dia) ou tenha que lidar com pouca infraestrutura em lavabos, esses lencinhos são salva vidas.

Recentemente descobri um canal no Youtube que gostei bastante, eles se chamam Pack Hackers. Eles fazem análises e testes de mochilas e itens de viagem, todos com esse foco de viajar leve. São diversos vídeos, dicas entre outras análises sobre destinos atividades e o que acaba sendo verdadeiramente útil.

A nova tendência de viagens na era atual é ser minimalista com seus itens pessoais para se locomover com mais facilidade e eficiência no destino aonde for. Inesperadamente de certa forma lúdica acaba sendo a teoria da vida da Tartaruga, levar consigo sua “casa nas costas”. Sobretudo andar apenas com o que você precisa para se sentir amparado com itens leves e úteis que fazem pleno sentido.

Afinal, quais são as suas dicas sobre como viajar com menos itens? 

intercâmbio voluntário
  1.