Entrevista com Projeto – Criadouro Onça Pintada

. .

Quer saber mais sobre como funciona o voluntariado no Projeto Onça Pintada, aqui no Brasil? Te contamos hoje nessa entrevista com uma das fundadoras do projeto!

Se você ama animais e quer ajudar na conservação do meio ambiente, participando da preservação de espécies ameaçadas aqui do Brasil, seu lugar é no Projeto Criadouro Onça Pintada.

A história do Projeto Criadouro Onça Pintada começou em 1995, quando um casal de médicos  comprou uma fazenda em Campina Grande do Sul – PR. Primeiramente, o intuito era de restabelecer a flora nativa e resgatar e cuidar de animais de pequeno porte da fauna brasileira (pacas, cotias e catetos) para reintrodução na natureza.

Atualmente o projeto ocupa uma área de 132 hectares, possuindo mais de 150 recintos que abrigam mais de 2.200 animais de 190 espécies de animais da fauna brasileira.

Convidamos, então, a Cris, uma das fundadores do projeto para tirar algumas dúvidas sobre o voluntariado e contar alguns detalhes do programa. Vamos lá?

Entrevista com o Projeto – Criadouro Onça Pintada

1. Como surgiu o projeto?

O Criadouro surgiu em uma área rural que já era nossa, que foi recuperada após aquisição com a flora nativa, com a intenção de criar animais da fauna brasileira para reintegrar na natureza.

A princípio pensamos em poucos animais, como capivara, paca, cotia e veado campeiro. A partir do momento que aceitamos a adoção de uma onça pintada macho resgatado de um zoológico que fechou, os órgãos ambientais passaram a contar conosco, trazendo diferentes espécies, cada uma com a sua história. Impossível não se envolver e não sentir a obrigação de ajudar!

2. Qual a missão do projeto?

Criar num cativeiro saudável espécies da fauna brasileira, muitas delas ameaçadas de extinção, com a intenção que se reproduzam para posteriormente reintroduzir na natureza.

3.  Qual é o principal papel do voluntário no projeto?

O voluntário tem uma ajuda fundamental na execução das atividades diárias, auxiliando os tratadores, biólogos e veterinário, além da contribuição monetária que permite que o nosso projeto continue.

projeto onça pintada

4. Onde os voluntários dormem e como funciona a alimentação dos voluntários?

Existe um alojamento dentro do projeto para os voluntários, composto de varanda, sala, cozinha, dois quartos com respectivos banheiros, cada quarto com 3 camas, rede Wi-Fi.  A cozinha é equipada com utensílios e equipamentos necessários para todas as refeições.  No formulário o voluntário informa alguma restrição ou alergia que tenha. Tem ainda máquina de lavar roupas.

5. Qual é o principal papel do voluntário no Projeto na parte do manejo com os animais?

Auxiliar os tratadores, biólogos e veterinário.

6. Quantos animais estão hoje no espaço?

Impossível dizer o número exato, mas são mais de 2000 animais!

7. Como esses animais chegaram ao projeto? Eles vão voltar para o habitat natural deles? 

As procedências variam, são resgatados do tráfico, de criadouros clandestinos, de criadouros regulares que precisaram fechar… Muitos vem como filhotes encontrados sem os pais, ou com os pais vitimados por atropelamento ou incêndio.

Muitos não tem condições de retornar a natureza pois não aprenderam a caçar ou se defender.

8. Os animais reconhecem as pessoas? Eles emitem sons? Eles atendem pelo nome? 

Muitos sim, cada um tem sua particularidade.

Projeto Onça Pintada

9. O que os animais comem? Quantas vezes por dia?

Isso é muito variado conforme a espécie!

A cozinha dos animais possui câmara frigorífica para carnes e peixes, câmara fria para frutas e vegetais, um corredor com cerca de 30 tipos diferentes de rações

10. O voluntário pode ter interação com os animais?

Sim, sempre acompanhado.

11. Como o voluntário pode se preparar antes de chegar no projeto? 

Não é exigido nenhum tipo de vacina.

Precisa estar preparado para se movimentar o dia todo, caminhar bastante, ter proteção adequada  pois vai usar muita água! Recomendamos que traga luvas de borracha, botas impermeáveis, protetor solar e repelente.

12. O que o voluntário significa para o projeto? 

Sua ajuda na execução das atividades diárias e sua contribuição para a causa faz com que o projeto siga em frente, se mantendo e desenvolvendo novos projetos.

Projeto Onça Pintada

13. Por fim, fique à vontade para deixar uma mensagem para os próximos voluntários que quiserem participar desse projeto.

Pedimos que no  dia da saída o voluntário escreva  como foi sua experiência conosco, pois as respostas são um incentivo para não desistirmos, para continuarmos investindo na causa de que estes animais não podem desaparecer, e de que quando partirmos,  precisamos deixar um mundo melhor para as futuras gerações.

Aguardo vocês no Criadouro Onça Pintada!

O Projeto Criadouro Onça Pintada

Localização: Campina Grande do Sul, Paraná 

O Projeto Onça Pintada é mantido pela Associação de Pesquisa e Conservação da Vida Silvestre, que tem como objetivo sustentá-lo e ampliá-lo dentro dos padrões de qualidade exigidos pelo IBAMA, colaborando com a preservação e perpetuação da fauna e da flora silvestres do país.

Todas as atividades com os animais são realizadas pela equipe do projeto e contam com a colaboração dos voluntários para as atividades do dia a dia!

Saiba mais: Projeto Onça Pintada

Ficou com vontade de conhecer e participar desse programa? Conte conosco para organizar o seu intercâmbio social!

voluntariar no brasil