O que você precisa saber antes de se voluntariar?

. .

Está pensando em fazer um intercâmbio voluntário, mas as dúvidas são muitas? Então vem que a gente explica tudo que você precisa saber: Como funciona, quanto tempo dura, em que projeto atuar. As dúvidas antes de decidir fazer um intercâmbio voluntário são inúmeras. Mas, felizmente, temos resposta para todas elas ou quase todas. E podemos garantir que vivenciar essa experiência é mais tranquilo do que você imagina.

Quer ver? Listamos algumas das principais dúvidas e reunimos informações importantes que você deve saber antes de se voluntariar. Confira:

Por que fazer um intercâmbio voluntário?

Se reclamamos diariamente que o mundo não é justo, isso é um problema de todos, não só do governantes, então acreditamos que todos precisam participar da mudança. Também é clichê, mas quando você ajuda alguém está ajudando a si mesmo. Ao atuar em algum projeto social, você se sente útil e valorizado e esse é o mesmo sentimento das pessoas que recebem a sua ajuda. Também é uma ótima forma de se colocar no lugar do outro e ampliar sua visão de mundo.

Além disso, há a vantagem profissional, já que muitas empresas têm valorizado funcionários que vivem experiências como a do voluntariado. Outro motivo para embarcar nessa aventura é a possibilidade de conviver diariamente com pessoas e uma cultura completamente diferente da sua e isso é enriquecedor.

Para onde posso ir?

Ao escolher o destino, o mais importante sempre é pensar aonde suas habilidades seriam mais úteis, mas a Exchange do Bem oferece projetos em 14 países, então a escolha do projeto pode ser bem difícil. Para diminuir o número de projetos possível e facilitar a escolha, é possível começar o filtro pelo destino.

Para você descobrir o destino que mais combina com você, é fundamental você saber que tipo de experiência está procurando. Pode ser aprimorar um idioma, conhecer uma nova cultura, vivenciar uma realidade bem diferente da sua, se aventurar, ou apenas viajar.

Mas por que definir o objetivo é importante? Vamos lá. Se você é jovem, não tem um bom conhecimento em inglês, nunca viajou para fora do Brasil, provavelmente terá um choque muito grande indo para o Quênia ou Nepal, então não seriam os destinos recomendados para você. Por outro lado, se você já está super acostumada(o) a viajar e gosta de viagens para vivenciar uma realidade super diferente da sua, provavelmente viajar dentro do Brasil ou para a África do Sul não sejam os melhores destinos para o seu perfil. Depois de escolher o país, a escolha do projeto acaba sendo mais fácil.

Quanto custa viajar?

Os valores da viagem dependem do projeto desejado e do tempo de permanência. Temos projetos no Brasil a partir de R$1.230,00 para uma semana. No exterior a partir de US$540,00 para duas semanas. Para conseguir visualizar os preços, você deve clicar em “Preços” na página do projeto desejado no nosso site. Nessa aba, tem tudo o que está incluído também nos valores que cobramos.

Mas vem cá, por que é pago? Muitas pessoas confundem trabalho voluntário com viagem gratuita. Trabalho voluntário significa que é algo espontâneo, não tem custo algum. Quando você viaja, sua viagem envolve custos com passagem aérea, transporte, orientação, hospedagem e alimentação. Os projetos sociais que apoiamos não conseguem arcar com esses gastos sozinhos e alguns recebem como doação parte da taxa que cobramos para manterem suas atividades. Também há uma taxa cobrada pela Exchange do Bem que cobre impostos, campanhas de marketing, funcionários, gastos com comunicação e inspeções dos projetos. Certo, mas como o meu dinheiro é usado? Descubra aqui! 

destino-exchange-do-bem

Como faço para escolher um projeto?

Cada um dos 14 países possui uma série de projetos sociais que atuam em diferentes frentes. Desde o cuidado com animais até o atendimento a crianças órfãs. Sendo assim, antes de escolher em que projeto atuar é importante saber de que forma você pode contribuir. Faça uma lista de suas habilidades e procure projetos que precisem do que você tem a oferecer.

Vale lembrar que a maior parte dos projetos não exige habilidades especiais para o trabalho. Por isso, uma dica também é buscar projetos com causas que você simpatiza. Isso vai facilitar sua adaptação e aumentar sua satisfação e do projeto também.

O que preciso levar?

Além de coisas básicas como roupas, calçados e itens de higiene para o tempo que você vai ficar no intercâmbio, é importante separar uma quantia em dinheiro para levar junto na viagem. Nossa recomendação é uma média de 80 a 180 dólares por semana, mas isso depende de cada pessoa e do destino também.

Também é fundamental ter na mala um cartão de crédito para casos de emergência, passaporte, passagens, visto, se for necessário, seguro saúde e carteira de vacinação. Se for levar seus equipamentos eletrônicos, não esqueça de colocar na mala um adaptador universal.

Quanto tempo vou ficar?

A duração da sua viagem vai depender basicamente de você: da sua disponibilidade e da duração do projeto que escolher. Aqui na Exchange do Bem temos opções a partir de uma semana. Também a partir de 4 semanas; o que a gente considera um tempo bacana para vivenciar essa experiência.

Que tipo de trabalho posso fazer?

Bom, assim como muitas coisas, o trabalho realizado vai depender muito do projeto que você escolher. Entre alguns deles estão o cuidado e a atenção a crianças com deficiência, a atuação em projetos e pesquisas com animais selvagens, o atendimento em hospitais e clínica móveis e até afazeres mais simples como ajudar em uma reforma ou brincar com crianças em uma creche.

Nesse texto Que Tipo de Trabalho o Voluntariado Faz? dá para entender direitinho em que áreas é possível atuar.

Terei tempo disponível durante a viagem?

Sim, você terá os finais de semana livres para viagens e excursões. E nada impede que você fique mais alguns dias no país por sua conta para fazer a viagem dos seus sonhos. O único cuidado é que durante os dias de trabalho você deve ser responsável para estar presente nos projetos, pois eles precisarão da sua ajuda e contam com você.

É seguro?

Todos os projetos que oferecemos foram escolhidos rigorosamente tendo sempre em mente dois princípios: o impacto social causado e também a segurança de nossos voluntários. Além disso, realizamos inspeções nos projetos. Dessa forma, temos a certeza que os projetos sociais estão seguindo com suas atividades conforme nossos registros.

Vale lembrar, no entanto, que muitos dos países para os quais você pode ir possuem problemas de segurança como o Brasil. Também doenças como HIV e febre amarela. Então, é importante sempre prestar atenção nas dicas sobre segurança e vacinas.

Encontre seu destino

E agora, pronto para embarcar? A Exchange do Bem é uma agência de intercâmbio social que conecta voluntários com diversos projetos ao redor do mundo. São mais de 50 opções na África, Ásia e nas Américas para você realizar seu trabalho voluntário no exterior.

como voluntariar no exterior