Quais os riscos de planejar uma viagem no meio desse cenário de risco COVID?

. .

Esse é um momento atípico, que a sociedade nunca viveu antes. A pandemia pegou todos de surpresa. Mudou famílias, alterou planejamentos, cancelou sonhos e postergou viagens. Por isso, temos percebido cada vez mais pessoas tentando se adaptar a esse novo normal e recomeçando a se planejar para longo prazo. Mas e quais os riscos de planejar uma viagem no meio desse cenário de risco COVID?

Pensando nisso, resolvemos escrever esse texto para esclarecer alguns pontos e alertar para pontos importantes. Nele abordaremos:

1. Como planejar uma viagem agora?
2. Quais os riscos de viajar com a COVID nesse momento?
3. Quais as políticas de alteração e cancelamento que as empresas estão oferecendo?
4. Por que planejar a sua viagem com a Exchange do Bem?

  1. Como planejar uma viagem agora com o risco do covid?

Planejar uma viagem nesse momento pode ser uma boa solução para quem quer viajar a longo prazo. Mas seu planejamento pode acontecer de duas maneiras. Uma delas é começar a se planejar para viajar efetivamente a partir de 2022, que é o que temos recomendado. Ou então, é se planejar para viajar agora, e enfrentar os riscos do covid.

Certamente o bom de planejar uma viagem agora para viajar apenas a partir de 2022, é que muitas empresas estão oferecendo condições de pagamento especiais, descontos adicionais e produtos a preços mais acessíveis.

Quais os riscos de viajar com a COVID nesse momento?

Inegavelmente, o cenário atual que vivemos de pandemia, exige muitas mudanças nos procedimentos de planejamento de uma viagem, na orientação pré-viagem e na viagem em si.

Dessa forma, aqui na Exchange do Bem, estamos tomando as precauções necessárias e acompanhando o status de fronteiras e restrições de entrada e saída, para garantir a segurança de nossos voluntários. E quando é necessário, sugerimos inclusive a alteração de datas.

Como resultado, para facilitar, desenhamos os possíveis cenários e impactos que um viajante pode se deparar em viajar agora. Montamos uma matriz de risco covid, para alertar sobre o que pode acontecer:

risco covid

Quais as políticas de alteração e cancelamento que as empresas estão oferecendo? Risco Covid

Para as agências de turismo, são duas as possibilidades para o viajante nesse momento de riscos com o COVID. Ele pode optar pela alteração das datas de viagem ou então pelo cancelamento do pacote contratado. Nesses casos, o contrato assinado é de extrema relevância pois são eles que vão guiar as diretrizes que as empresas vão seguir. Assim, listamos aqui as principais regras vigentes no mercado:

Alteração

Atualmente as regras mais aplicadas em caso de alteração são:
1. Primeira alteração sem nenhum custo adicional, seja de taxas de alteração ou revisão de tarifas.
2. Alteração mediante atualização dos valores da tarifa vigente para a nova data de embarque e sem taxas de alteração
3. Cobrança de taxa de alteração e também reajuste de tarifas

Ressaltamos que em todos os casos a alteração será feita se houver disponibilidade de vagas nas novas datas escolhidas.

Cancelamento

As principais regras vigentes hoje no caso de cancelamento são:
— Caso o viajante precise cancelar por qualquer motivo pessoal (teste positivo de covid, falecimento, alteração de datas de férias, desistência, …), mas a viagem esteja confirmada, as multas seguem a política de cancelamento estabelecida em contrato.
— No caso de a viagem ser cancelada por motivos maiores (como fronteiras fechadas), as taxas de cancelamento estão sendo revistas caso a caso.
— Eventualmente o estorno do valor do programa geralmente é integral caso os viajantes sejam impedidos de embarcar por causa da pandemia, e não exista nenhum voo disponível para chegada ao país.

Por que planejar sua viagem com a Exchange do Bem?

Aqui na Exchange do Bem, entendemos perfeitamente a preocupação de nossos voluntários para decidir fechar uma viagem agora e enfrentar o risco covid.

Em primeiro lugar, uma prática importante nossa, é a política flexível de alteração de datas. Dessa forma, permitimos que o voluntário possa começar a planejar a sua viagem para o futuro. Assim, nesse momento o voluntário pode se inscrever, garantir a sua vaga, se organizar financeiramente e começar a planejar o seu intercâmbio voluntário.

Nesse sentido, outra vantagem que oferecemos é o acesso a nossa plataforma para os Cursos Online de Formação de Voluntário. Nossos cursos trazem mais informação para nossos voluntários e os preparam para algum cenários que eles possam se deparar. O acesso a plataforma é ofertado no mês seguinte ao que o voluntário fecha sua viagem conosco.

Além disso, mais próximo a viagem da data de embarque, caso exista alguma restrição para o seu embarque, seja por restrições de entrada, alteração das datas de férias, ou se o voluntário não se sentir confortável em viajar ainda, é possível alterar a data da viagem sem custo algum, contanto que sejamos avisados com 35 dias de antecedência.

Todas essas políticas dão a segurança ao voluntário para começar a se planejar para o tão sonhado intercâmbio voluntário, sem sofrer com o risco da assombração do covid.

dúvidas sobre intercâmbio