Por que Costa Rica?

. .

Com um dos litorais mais bonitos do mundo e rico em biodiversidade, gentileza e infraestrutura, a Costa Rica promete ser um destino enriquecedor. Saiba mais sobre o país e descubra como você pode ajudar a continuar preservando suas maiores riquezas

Um país pequeno, mas ao mesmo tempo de uma grandeza incalculável. Assim é a Costa Rica, país com pouco mais de 51 mil km2 – que corresponde a 0,03% da superfície do planeta – , mas que abriga 5% de toda a biodiversidade existente no mundo. Ao todo, 25,58% do território do país está protegido sob diversas formas de conversação.

Toda essa riqueza é um dos motivos que fazem da Costa Rica um país de grande potencial turístico e um dos destinos internacionais mais visitados. Mas não é só isso. O país também tem uma série de diferenciais que fazem dele uma boa escolha para quem busca um destino para as próximas férias.

Para começar, a Costa Rica é conhecida por ser uma das democracias mais antigas e estáveis da América Latina. A vocação pacifista do país é tão grande que, em 1987, o ex-presidente do país Oscar Arias Sánchez conquistou o Prêmio Nobel da Paz por sua luta pela aprovação do Plano de Paz para América Central.

Além de tranquilo, o país também é um importante cenário para investimentos. O alto nível acadêmico da população, o bom padrão de serviços e sua estabilidade sociopolítica têm levado ao estabelecimento de importantes empresas internacionais.

Por falar em economia, é a agricultura a principal base da economia costa-riquenha. Historicamente, o país tem uma grande tradição na produção de café e há quem diga que a Costa Rica produz um dos melhores cafés do mundo. Outro produto tradicional no país é a banana, responsável por enormes fazendas principalmente na zona atlântica do país.

Mesmo com seu pequeno porte e sendo um país considerado em desenvolvimento, a Costa Rica conseguiu se colocar entre os países de maior de desenvolvimento humano na América Latina. Um exemplo está na expectativa de vida. A Costa Rica é o país da América Latina com a expectativa de vida mais alta: 77,75 anos.

Além disso, é um dos países com a mais baixa taxa de mortalidade: 10,82%. Resultado de um grande trabalho na prevenção da mortalidade infantil e no controle pré-natal. O destaque também está na educação. No país há em torno de 6147 escolas e colégios e mais de 50 universidades.

O alto índice de desenvolvimento, entretanto, não atinge toda a população. O relatório anual sobre Educação da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Económico (OCDE) divulgado recentemente, mostra que a Costa Rica está entre os países com maior desigualdade econômica. No país, os 10% mais ricos da população chegam a ganhar dez vezes mais do que a população mais pobre.
E com tanta riqueza, é claro que um dos maiores desafios da Costa Rica está em preservar toda a biodiversidade que abriga. Afinal, o turismo ecológico é responsável por injetar cerca de 3,5 bilhões de dólares no país, resultados de uma média de 2,9 milhões de turistas anualmente

Apesar dos esforços, as belas praias, florestas e vulcões presentes no país, os habitantes sofrem com problemas como a má administração de áreas protegidas e a crescente contaminação do ar, do solo e das fontes d’água.

De acordo com informações, no país existem parques nacionais com instalações mal conservadas, trilhas não delimitadas, falta de informações e interpretação informando o que os visitantes irão encontrar
no local. O país também enfrenta problemas de incêndios, caça ilegal, roubo de madeira e retirada de ouro.

E é com o intuito de mudar essas práticas e dar continuidade às políticas de conservação da biodiversidade do país que nossos programas de trabalho voluntário têm como foco a preservação.

Entre as opções que a Exchange do Bem estão o trabalho com energia solar, a preservação de tartarugas marinhas e a atuação em fazendas orgânicas. Nas horas vagas ainda é possível curtir as lindas paisagens que existem no país.

Encontre seu destino

Descobriu porque fazer intercâmbio na Costa Rica é uma opção interessante para você e também para o próprio país? Então comece a se planejar para viajar, aproveitar as belezas do país e ainda fazer a diferença. A Exchange do Bem é uma agência de intercâmbio social que conecta voluntários com diversos projetos ao redor do mundo. São mais de 50 opções na África, Ásia e América Latina para você realizar seu trabalho voluntário no exterior. Além disso, destina 10% do seu lucro para investimentos ligados à educação no Brasil.