O que ninguém te contou sobre fazer trabalho voluntário em orfanatos

. .

Cuidados com trabalho voluntário em Orfanato

Muitas pessoas sonham em fazer trabalho voluntário em orfanatos na África, Ásia ou até mesmo pela América Latina.

Nesse sonho, nós imaginamos pessoas super bem intencionadas ajudando nas mais variadas frentes. Independente do que o projeto precisar, nós também estaremos lá para ajudar. Em troca, receberemos muito amor e carinho das crianças. Vamos para ajudar, mas lá no fundo a gente sabe que receberemos muito mais em troca.

Esse sonho é lindo, também já foi meu e tive o prazer em realizá-lo algumas vezes.

Contudo, o que muita gente não sabe é que é necessário ter muito cuidado na hora de fazer um trabalho voluntário em um orfanato no exterior.

Já estive em dezenas de orfanatos em diferentes países. Com essa vivência, aprendi muita coisa. Por isso, acho importante compartilhar os três itens que mais me chocaram para você não alimentar essa cadeia:

Tráfico de crianças

Sim, é isso mesmo que você leu. Resolvi começar com o argumento mais chocante para prender a sua atenção. O assunto é sério.

Principalmente na África e na Ásia, são comuns relatos de crianças que foram traficadas e colocadas em orfanatos ainda pequenas para atrair voluntários.

Os voluntários muitas vezes pagam uma taxa que deveria ser usada para cobrir seus custos e para comprar itens necessários para as crianças. Porém, infelizmente, em alguns orfanatos falsos essas taxas são usadas para os diretores do orfanato ter uma vida melhor.

Telegram

Mesada para os pais

Muitas pessoas que fazem trabalho voluntário em orfanatos ficarão um período curto, em torno de 4 semanas. Depois disso, alguns não terão mais nenhum contato com o projeto e retornarão para o seu país de origem.

Isso faz com que alguns orfanatos falsos pagam uma mensalidade para os pais para manterem as crianças no orfanato. Com isso, ele arrecada recursos dos voluntários e divide esse dinheiro com os pais das crianças.

Os voluntários doarão em dólar, então qualquer quantia fará muita diferença para países menos desenvolvidos. Depois de um período no orfanato, as crianças voltam para seus lares.

Perpetuação da Pobreza

Vocês já viram propaganda pedindo doação só com crianças sorrindo e em casas super bem estruturadas?

Embora seja o certo a se fazer, como a gente sempre faz no nosso Instagram quando divulgamos os projetos, normalmente os projetos conseguem mais doação ao mostrar a extrema pobreza. Nunca devemos ferir a dignidade de uma pessoa, sobretudo de crianças.

Porém, muitos projetos e inclusive agências preferem mostrar apenas a pobreza para conseguir mais doações e voluntários. Isso certamente não deve ser feito em um trabalho voluntário em orfanato. Em nenhum lugar, na verdade. 

Já visitei um orfanato no litoral do Quênia que escondia doações que recebia, inclusive roupas novas para as crianças. As crianças estavam sempre com roupas velhas e sem chinelos.

Se um novo voluntário ou doador fosse lá, as chances de eles se comoverem em ver as crianças em situação de extrema pobreza eram maiores. Com isso, o orfanato recebia eventualmente mais doações que nunca eram usados em benefício das crianças.

Isso nos deixa muito triste, pois por causa de atitudes assim, não enviamos voluntários para o orfanato.

Como evitar em fazer trabalho voluntário em um orfanato falso?

Tenho certeza de que se você chegou até aqui, é porque foi é uma pessoa bem intencionada e pretende fazer a diferença em um projeto idôneo.

Para você não cair em uma fria, a primeira dica é viajar com agências que conheça bem os projetos.

Na Exchange do Bem, por exemplo, nós sempre inspecionamos os projetos antes de enviar os voluntários. Além disso, sempre temos um coordenador parceiro no país que faz visitas periódicas para garantir que o projeto é idôneo e seguro para o voluntário.

Caso você prefira viajar por conta própria para fazer trabalho voluntário em orfanatos, busque sempre depoimentos de pessoas que ficaram no mínimo 6 meses no projeto. Quem fica pouco tempo muitas vezes não consegue detectar os problemas que relatamos acima.

Projetos na Área de Proteção à Infância

A ideia do texto não é te desmotivar. É apenas um alerta para você escolher um projeto confiável. Por isso, se você tem vontade de fazer trabalho voluntário em orfanatos, creches ou com crianças em geral, é possível visualizar todos os projetos que apoiamos e inspecionamos nessa página.

Para voluntariar com crianças, normalmente é necessário ter mais de 18 anos, muito amor pelas crianças, paciência e disposição. 

intercâmbio voluntário