Como Ser Voluntário no Exterior? Guia Completo [2022]

. .

Realizar trabalho voluntário no exterior, ou até mesmo dentro do território nacional é uma atividade de muita importância.

Isso porque existem trabalhos voluntários que favorecem diversas comunidades espalhadas por todo mundo.

O melhor é que trata-se de uma troca para quem recebe ajuda e quem oferece. 

O trabalho voluntário no exterior pode ajudar crianças e animais em situação de vulnerabilidade.

É um ato benevolente e de solidariedade, que ainda pode ser uma ótima oportunidade para treinar idiomas, bem como conviver em diferentes culturas.

No entanto, muitos se perguntam: como ser voluntário no exterior? Este artigo tem como objetivo te ensinar como fazer um intercâmbio desse tipo.

Acompanhe a leitura!

Como ser voluntário no exterior: O que é trabalho voluntário no exterior?

Trabalho voluntário no exterior é a atividade de viajar para outro país, por vontade própria, para realizar benfeitorias para pessoas de alguma forma necessitadas.

Dessa maneira, você pode viajar, por exemplo, para África do Sul e realizar um trabalho com crianças carentes. 

Ou até mesmo ir à Colômbia e realizar algum tipo de suporte para crianças em processo de aprendizagem.

O voluntariado no exterior possui uma característica bastante interessante, que é a flexibilidade. Ou seja, é possível optar por diferentes países e permanência.

A Exchange do Bem oferece diversos países com diferentes durações de viagem. Além disso, em alguns projetos é possível que você viaje com amigos ou familiares.

Em resumo, o trabalho voluntário é ideal para aqueles que gostam de viajar e são engajados com projetos sociais.

Como ser voluntário no exterior: Quem pode fazer?

como ser voluntário no exterior homem examinando cachorro

Todas as pessoas podem ser voluntárias no exterior. No entanto, cada projeto social tem os seus próprios requisitos.

A maioria dos trabalhos voluntários não possuem uma restrição de idade. No entanto, é necessário que você seja capaz de desempenhar o papel requisitado pela ação social.

De qualquer forma, quem tem menos do que 18 anos de idade, precisa viajar acompanhado dos pais e/ou responsáveis.

Além disso, existe um requisito em relação ao conhecimento de idiomas. Quando trata-se de um projeto que envolve o suporte na aprendizagem de línguas, você precisa ter esse conhecimento comprovado.

Em geral, o candidato ao voluntariado precisa ter o conhecimento de inglês, pois é uma língua considerada universal e, por isso, pode ser a única alternativa de comunicação.

No entanto, existem intercâmbios que não exigem que o candidato saiba outros idiomas além do português.

A Exchange do Bem oferece trabalhos no Brasil e em Moçambique, onde o idioma falado é português.

Por fim, existem alguns projetos que exigem o conhecimento mais específicos, onde o voluntário precisa ser um profissional da área requisitada. 

Para entender melhor os pré-requisitos de cada trabalho voluntário no exterior, você deve verificar através dos meios de comunicação da empresa responsável. 

Benefícios de ser voluntário no exterior

Ser voluntário no exterior oferece bastantes benefícios para todos os lados. As comunidades ajudadas através do trabalho, recebem a sua solidariedade.

Para o voluntário, as vantagens são inúmeras. Primeiro que, fazer o bem gera sensações verdadeiramente boas e saudáveis.

Ainda, é possível entender o mundo além de nossas vivências diárias. Com o voluntariado, entende-se que a realidade não é somente aquilo que presenciamos todos os dias. 

Além disso, o crescimento pessoal e profissional é bastante impactado. Trata-se de uma experiência de intercâmbio, onde todo o seu aprendizado vem através da imersão em determinada cultura.

Por isso, é possível aprimorar alguma língua, como espanhol ou inglês.

O voluntário, depois de realizar a sua ação social, pode adicionar a experiência em seu currículo.

Muitos processos seletivos valorizam a experiência em trabalhos voluntários, sejam eles acadêmicos ou empresariais.

Quais os tipos de trabalho voluntário mais exercidos?

Existem diversos tipos de trabalho voluntário. Em geral, as principais atuações são em prol de crianças, animais e comunidades.

Podemos destacar os seguintes tipos de trabalho voluntários:

  • -Suporte na aprendizagem de crianças;
  • -Atendimento médico ou odontológico à comunidades carentes;
  • -Cuidado aos animais;
  • -Preservação à biodiversidade;
  • -Recuperação da infraestrutura de ambientes;
  • -Afeto e carinho para pessoas em situações de vulnerabilidade;
  • -Auxílio na preservação de plantações.

Os trabalhos desenvolvidos voluntariamente são os mais diversos possíveis. Todos têm algo em comum, que é alguma ação positiva para os âmbitos social, saúde e ambiental.

Para conhecer mais sobre os diferentes trabalhos voluntários disponíveis, clique aqui!

Quais países têm trabalho voluntário? 9 melhores para começar!

como ser voluntário no exterior menino sentado na mesa

Todos os países do mundo necessitam de algum tipo de ajuda social. No entanto, existem alguns em que a demanda é grande.

Abaixo, listamos alguns países que precisam de trabalho voluntário, tornando assim mais fácil a sua decisão por qual iniciar.

África do Sul

A África do Sul é um país de grande diversidade cultural. São 11 línguas oficiais no país, sendo a mais falada, o inglês. Por esse motivo, pode ser uma ótima opção para aprimorar o inglês.

O país possui diversos tipos de trabalho voluntário disponíveis, que envolvem educação, agricultura sustentável, cuidado aos animais e saúde populacional. 

Para aquelas pessoas que desejam aumentar as suas experiências profissionais e melhorar a qualidade de vida de comunidades, a África do Sul é o seu destino.

Cabo Verde

Cabo Verde é um país localizado na costa oeste da África. Os principais trabalhos disponíveis na região são de preservação da biodiversidade.

Você deseja trabalhar em prol de aves e tartarugas marinhas? Então esse é o seu lugar. 

Colômbia 

A Colômbia é um país da América do Sul que tem diversas opções para todos os gostos. Lá é possível encontrar museus, bons restaurantes e patrimônios históricos como Cartagena.

Por outro lado, ainda é possível ajudar diversas crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade. Se interessou? É só clicar aqui

Gana

Gana é um país que foi vítima de forte colonização europeia. Por esse motivo, hoje figura a lista de 50 países com piores índices de desenvolvimento humano (IDH). 

Trata-se de um país que precisa de ajuda em muitas áreas. É possível encontrar trabalhos voluntários para melhorar a saúde, a educação e a proteção infantil desse povo.

Saiba mais!

Índia

A Índia é um dos países mais populosos do mundo, mas, por outro lado, possui uma alta taxa de pobreza entre o seu povo.

As atividades sociais disponíveis na região são de proteção à infância e empoderamento feminino. 

Nepal

Nepal é um dos países asiáticos mais pobres. Por isso, o trabalho voluntário na região é muito necessário.

As oportunidades de ações sociais em Nepal são vastas. Você que está se formando ou já se formou em algum curso da Saúde, pode ajudar no tratamento de moradores locais.

Além disso, existem trabalhos de educação e acolhimento para pessoas com e sem deficiência. 

Tailândia  

Você tem interesse em conhecer a Tailândia e realizar trabalhos voluntários para a população? A Exchange do Bem oferece diferentes atividades.

Você pode tratar de elefantes e ensinar inglês e outros conhecimentos para crianças tailandesas. 

Peru

O Peru é um país da América do Sul com lindas paisagens naturais, muito conhecido por suas montanhas majestosas. 

Os voluntários que vão até o país podem conhecer Machu Picchu, umas das 7 maravilhas do mundo.

Além disso, existe muito trabalho a ser feito. Muitas creches e instituições que abrigam crianças abandonadas precisam de voluntários para cuidados básicos.

Vietnã

O Vietnã é mais um país asiático na lista que necessita de voluntários para ações sociais.

Dentre as atividades disponíveis estão a manutenção de um asilo e um espaço de cuidado às crianças. 

Como ser voluntário no exterior: Por que escolher a Exchange do Bem?

como ser voluntário no exterior recolhendo garrafa plastica da areia da praia

A Exchange do Bem é uma agência de intercâmbio focada no trabalho voluntário. A empresa se destaca por priorizar projetos de alto impacto social.

Ainda, a segurança em toda a transação é uma grande prioridade. Todos os projetos disponíveis no site da agência são rigorosamente selecionados de modo a preservar a integridade dos voluntários.

A Exchange do Bem se destaca também pela facilitação de todas as transações necessárias para viagem.

Através do seu investimento, a companhia se compromete em realizar todos os trâmites para que a sua viagem seja bem sucedida.

E pode ficar tranquilo quanto ao suporte durante a sua viagem. A Exchange do Bem te acompanha durante toda a ação social, que é altamente planejada através de um cronograma.

Outro ponto relevante é que tudo ocorre de forma virtual. Os agentes entram em contato através do e-mail, WhatsApp e ligação.

Vale lembrar que todas as inscrições realizadas são asseguradas com um contrato.

Para saber mais, clique aqui!

Conclusão

Se você tinha dúvidas sobre como ser voluntário no exterior, este blog deve ter sido útil.

A nossa dica principal é: escolha o projeto social de acordo com as suas aptidões, habilidades e preferências.

Existem pessoas que se interessam bastante em assuntos sobre sustentabilidade, e por isso podem ir em ações que tratam de animais e ecologia.

Outros indivíduos se interessam no apoio às crianças, seja por meio educacional ou afetuoso. 

Há espaço para todos os perfis de voluntários. O projeto ideal para você é aquele que te toca profundamente e que você atende aos requisitos. 

Conheça os trabalhos voluntários oferecidos pela Exchange do Bem. 

Gostou do conteúdo? Nós separamos um depoimento de um dos nossos voluntários para que você dê uma olhada. Basta clicar neste link