Entrevista com voluntária – Child and Animal Care – África do Sul

. .

Você tem vontade de conhecer mais sobre o voluntariado na África do Sul? Preparamos uma entrevista com nossa voluntária que participou do projeto Child and Animal Care.

Antes de tudo, cada voluntário que participa de nosso intercâmbio social tem uma experiência única, mesmo quando as viagens são em grupo. Sobre esse projeto que vamos falar hoje, organizamos viagens na modalidade individual e também na modalidade em grupo.

A Cris participou do voluntariado em março de 2022, por duas semanas. Ela tem 28 anos e atualmente mora em Curitiba, Paraná. Para ela, o voluntariado na África do Sul foi uma experiência única, portanto, quis compartilhar conosco!

Hoje então vamos contar a história da Cris através de um bate papo bem legal! Sendo assim, bora para as respostas dela? 

Entrevista com a voluntária do Projeto Child and Animal Care – África do Sul

1.      Você se sentiu segura antes do início de seu programa? E durante?

Sim! Minha única insegurança em relação voluntariado na África do Sul era a situação do covid, que poderia alterar as regras de viagem próximo ao embarque. Entretanto, o apoio de vocês no processo me ajudou nessa questão!

2.      O que mais te impressionou quando você chegou ao Projeto?

A estrutura e organização. Havia imaginado que seria necessário um trabalho maior e uma necessidade maior de coisas para passar os dias, mas o local tinha uma estrutura física excelente e os materiais de aula também eram muito bem organizados para auxílio nas atividades diárias!

voluntariado na África do Sul

3.     Você fez os cursos de nossa Plataforma de Formação de Voluntários?
Como nosso material pré-embarque lhe ajudou no dia a dia do projeto? 

Sim, com o material fiquei mais segura com o que levar e esperar do projeto. Fiz 4 cursos. Acredito que todos são importantes para preparação, mas 2 deles fizeram mais sentido para o meu intercâmbio:
– Capacitação: Projetos com crianças
– Comunicação não violenta

Esses dois cursos juntos me auxiliaram no entendimento do melhor comportamento ao ensinar as crianças, assim como o melhor modo para estruturação das frases caso houvesse necessidade de uma resolução de conflitos.

4.      Como foi o seu primeiro dia de atividades?

Foi intenso, portanto quis observar o máximo que pude para entender aonde eu me encaixaria na rotina e quais habilidades que tenho eu poderia dispor para o time durante o voluntariado na África do Sul.

  1. 5.      Como eram as refeições durante o seu intercâmbio? O que você comia?

Tivemos as 3 refeições do dia (café da manhã, almoço e janta). Achei as comidas semelhantes com as que temos no nosso cotidiano aqui!

Café da manhã: Café, leite, suco, torrada, manteiga, frutas, iogurte, cereal.
Almoço: Salada, Pap, molho de tomate e algum outro carboidrato com algum tipo de proteína.
Jantar: Salada, Pap, molho de tomate e algum outro carboidrato com algum tipo de proteína.

6.      Quantos dias na semana você trabalhou durante seu voluntariado na África do Sul?

As aulas foram realizadas de segunda a sexta-feira. Os cuidados com os animais foram realizados todos os dias, tanto a limpeza quanto a alimentação em geral e dos bebês que estavam recebendo comida na seringa.

Durante o primeiro sábado que cheguei era o dia de folga, mas no segundo final de semana tivemos a presença das crianças que haviam terminado o Eco Club (curso sobre África do Sul), tendo 15 crianças no sábado e outro grupo de 15 crianças no domingo.

Nesse final de semana auxiliei com as atividades junto a essas crianças também.

7.      Quais eram as suas principais atividades e responsabilidades nesse voluntariado?

Seguia o teaching program durante o dia, realizando as aulas das crianças como professora voluntária principal ou como assistente de outro voluntário. Durante um período da manhã e um período da tarde realizada as atividades relacionadas a limpeza ou alimentação dos animais, conforme era necessário.

Nos períodos vagos (entre uma aula e outra ou no tempo livre das crianças) auxiliava no cuidado das crianças quando estavam na piscina ou me oferecia para realizar outros serviços necessários no local (alimentação do bebê esquilo, limpeza em geral e organização de caixas).

Acho que essa era a parte do projeto com animais mais satisfatória do dia, ver a carinha de cada um com sua comida e ver como estão sendo cuidados com muito carinho. Por isso, a sensação que melhor descreveria é gratidão!

voluntariado na África do Sul

8.      O que você fazia no seu tempo livre?

Busquei auxiliar em outras atividades, como na limpeza geral do local, auxílio na organização de caixas ou auxílio com algum animal específico. Entretanto, caso não tivesse outra atividade necessária no momento, lia um livro, socializava com outros voluntários ou ficava com os animais em suas gaiolas. Fiz também duas excursões: homestaying e Tchukudu.

9.      Qual foi o ponto alto de seu trabalho voluntário na África do Sul?

Tive vários, mas a que mais me marcou foi o impacto na vida das crianças e como foi importante eu fazer parte da evolução delas na semana!

Na segunda semana fui mais protagonista em relação as aulas e me dediquei bastante para que eles entendessem as aulas. Na sexta, que é o dia da apresentação das crianças, onde elas falam sobre elas e o que mais gostaram no DAKTARI, uma das crianças (a Mercy) disse que o que ela mais gostou lá foram as aulas que eu dei.

Fiquei muito feliz com esse reconhecimento, pois tive a certeza que estar lá gerou um impacto positivo para aquelas crianças, além de vivenciar o desempenho muito bom delas em relação as aulas ensinadas.

10.  Por fim, deixe uma mensagem para os próximos que quiserem participar desse projeto.

Viver essas duas semanas no DAKTARI foi algo muito diferente e enriquecedor!

É uma experiência muito legal, ensinar as crianças e ver a evolução do seu conhecimento durante a semana, cuidar dos animais, criar um vínculo com eles e, por fim, perceber a evolução pessoal que temos durante esse tempo.

Portanto, recomendo muito entrar nesse projeto!

O Projeto Child and Animal Care – Voluntariado na África do Sul

Localização: Limpopo Province, África do Sul

O programa é ideal para quem deseja fazer trabalho voluntário com crianças e animais na África do Sul. Os voluntários ajudam as crianças no programa de educação ambiental. Além disso, cuidam de animais selvagens feridos ou abandonados.

O objetivo do projeto é ensinar sobre o meio ambiente, a importância de proteger a vida selvagem e sobre questões sociais para as crianças.

Todas as aulas são ministradas em inglês, portanto, é necessário nível a partir de intermediário no idioma para a viagem individual. Porém, temos também viagens em grupo para o projeto que não é necessário conhecimento em nenhum idioma.

Saiba mais: CHILD AND ANIMAL CARE | GRUPO | NOVEMBRO 2022

Você ficou com vontade de saber mais e participar desse programa de voluntariado na África do Sul? Então conte conosco para organizar o seu intercâmbio social. Visite nosso site e conheça mais pela página do projeto.