Por que Peru?

. .

Baixo custo, paisagens exuberantes e muitas atrações históricas. Não é a toa que o Peru é considerado um dos destinos mais lindos e hospitaleiros da América do Sul.  Com cerca de 30,7 milhões de habitantes distribuídos em um território de mais de 1 milhão de km², o destino também é um dos mais procurados, especialmente por sua cultura e pelo idioma.

Para os amantes da natureza, o Peru é lugar certo. O país é formado por montanhas, deserto, florestas e praias que se dividem em três regiões: a costa, a serra e a selva. Com mais de 1,8 mil espécies de aves, 3,5 mil variedades de orquídeas e 10% das espécies de répteis, mamíferos e peixes da Terra, o país figura entre os cinco com maior diversidade biológica do mundo.

A herança cultural do Peru

Mas não é apenas isso que chama a atenção por lá. Talvez a maior riqueza do país seja a sua herança cultural. É que o Peru foi berço de algumas das mais antigas civilizações da América do Sul e os vestígios desses povos estão espalhados pelo país e são os grandes atrativos dos visitantes.

Entre as maravilhas que podem ser descobertas lá estão a famosa cidade perdida da cultura Inca, Machu Picchu – uma das sete maravilhas do mundo moderno -, o sítio arqueológico de Chan Chan, a maior cidade de barro existente na América pré-colombiana, e as escavações de Caral-Supe, com cinco mil anos de idade.

Conheça nossos projetos para o Peru

Além de tudo isso, o Peru ainda tem um povo hospitaleiro. Orgulhoso do seu passado e pronto para receber bem seus visitantes com muita música, dança, artesanato. Além disso, uma das cozinhas mais privilegiadas do mundo!

Apesar das belezas e da cultura incrível que o Peru oferece, o país também enfrenta problemas sérios e precisa da ajuda de voluntários para reverter essa realidade. É que, segundo dados da BBC, cerca de 22% dos peruanos ainda sofrem com a pobreza.

Mesmo que nos últimos cinco anos sete milhões de pessoas tenham deixado de ser pobres no país e a vida nas áreas urbanas tenha melhorado bastante, nem todos os problemas sociais do país foram resolvidos. Na zona rural, por exemplo, a taxa de pobreza segue sendo alta. Muitas pessoas não foram beneficiadas com as melhorias que o governo fez e ainda lutam por mais investimentos. Principalmente em saúde e educação.

Economia informal

Um dos maiores problemas e que dificultam o crescimento da economia no país é que, por lá, grande parte da economia é informal. Como resultado, muitas pessoas não pagam impostos, essenciais para garantir os investimentos básicos necessários à população. Outra questão delicada é que, assim como no Brasil, a corrupção é considerada endêmica no país. Com isso, resulta em muitas verbas sendo desviadas para outros fins.

É por esse motivo que o país necessita tanto da ajuda de pessoas dispostas a levar sua contribuição para mudar essa situação. O trabalho voluntário no país envolve, principalmente, a educação. Dessa forma, os voluntários trabalham em escolas do país com o desenvolvimento de crianças. A ideia é, por meio da educação e da atenção a crianças em situação de vulnerabilidade, dar a oportunidade de elas crescerem com outra visão e ajudarem a transformar o país.

Encontre seu destino

Ficou interessado e quer ajudar a transformar o Peru em um país ainda mais rico e igualitário? Então, que tal se tornar um dos nossos voluntários!? A Exchange do Bem é uma agência de intercâmbio social que conecta voluntários com diversos projetos ao redor do mundo. São mais de 70 opções na África, Ásia e América Latina para você realizar seu trabalho voluntário no exterior. 

Baixe o guia do voluntariado