Sobre a Realização de Um Sonho

. .
Texto escrito pelo Edu, fundador da Exchange do Bem, sobre uma das maiores realizações em 2019.

Até início de 2016, eu trabalhava no setor financeiro de uma multinacional. Depois de uma experiência como voluntário no Nepal em 2013, eu mudei minha percepção de mundo e percebi o quão privilegiado eu era apenas por ter uma cama quentinha. Essa viagem fez eu perceber que eu gostaria de trabalhar com pessoas e projetos sociais.

Foi só em 2015 quando eu li o livro The Promise of a Pencil: How an Ordinary Person Can Create Extraordinary Change que eu tive a ideia da Exchange do Bem. O livro fala sobre a história de um consultor de uma grande empresa que já construiu centenas de escolas pelo mundo. No final do livro, enviei uma mensagem para o Adam Braun, autor do livro, agradecendo, pois eu sabia que aquilo era o início de uma nova fase.

Mas o que tem a ver o livro com a construção da creche?

Lendo o livro, ainda trabalhando no setor financeiro, eu desejei um dia ajudar na construção de escolas. Quando surgiu a necessidade no Peru, percebi que era o início da realização de um sonho e fez eu perceber que a Exchange do Bem está no caminho certo para impactar a vida de muitas pessoas.

COMO COMEÇOU

A história começou quando a ONG local que apoiamos no Peru nos informou que um vilarejo a quase 4000m de altitude no Peru precisava de um local para as crianças estudarem. Com dezenas de porcos circulando livres na comunidade, o povo de Achambi é uma regiões com maior taxa de problemas gastrointestinais em crianças. Além de parte educacional, a creche também seria um local seguro e higiênico para as crianças ficarem enquanto seus pais estão trabalhando nos campos.

Para que a creche tivesse um verdadeiro impacto social, também era necessária uma professora e com isso Achambi entrou em um programa do governo peruano que leva educação para as áreas mais remotas do país. Com isso, o governo peruano está pagando já a professora da creche.

Com tudo planejado, os voluntários da Exchange do Bem desembarcaram no país no mês de julho de 2019 tendo os primeiros 4 dias de ambientação com a altitude. A recepção em Achambi foi um dos momentos mais lindos da viagem! O povoado estava muito feliz em nos receber e com a obra que estávamos realizando.

A ideia inicial era que os voluntários participassem da última e última etapa do projeto de construção instalando o telhado, pintando e cuidando de alguns detalhes no interior da creche.

Como a obra atrasou, os voluntários cavaram e fecharam valas, aplanaram o piso, instalaram tomadas, pintaram o banheiro, entregaram kits de material escolar, dançaram, brincaram e deram muito amor às crianças. Ajudamos em tudo que esteve ao nosso alcance para acelerar a obra e no final.

Para finalizar a creche, foi contratada mão de obra local, assim gerou renda também para os membros da comunidade. O resultado, foi essa creche linda abaixo.

Acreditamos muito que a educação na primeira infância é fundamental para o desenvolvimento das crianças e essa creche que melhorará a qualidade de educação no vilarejo e diminuirá também problemas com saúde já que as crianças terão um local seguro e limpo para brincar.

E será que os voluntários gostaram da viagem? Vejam abaixo alguns dos depoimentos:

Erick: “A viagem foi transformadora. A cada dia me surpreendia com o que amor que nos deram, desde a recepção com danças típicas até um abraço que ganhamos, um sorriso que tiramos. A experiência foi um divisor de águas na minha vida.”

Mayara: “Não existem palavras que possam descrever a alegria e gratidão de ter participado desse projeto de voluntariado. Todo amor que recebi das crianças de Achambi vou levar comigo para o resto da vida. Sou muito grata por tudo que vivi. Foi a realização de um sonho. Com certeza volto do Peru uma pessoa diferente e fica a certeza de que esse foi apenas o primeiro projeto de voluntariado que fiz. Só quem sente, sabe! E eu desejo que todos possam um dia vivenciar essa experiência única e incrível.”

Amanda: “O que vivi nos dias em que estive no Peru com a Exchange do Bem foi tão especial que fica difícil descrever. Cada momento por lá foi intenso e verdadeiro, seja na ambientação com a altitude, no aprendizado da construção da creche, nas brincadeiras com as crianças, na imersão cultural e, claro, na dedicação de todos os envolvidos (voluntários, o Edu, a equipe da Volunteers Peru e o povo de Achambi). Sou extremamente feliz e grata por ter vivido essa experiência!”

Victoria: “A gente arranhava aquele sábio portunhol, mas nada de Quechua e tampouco eles o português. Independentemente de como, a despedida de Achambi deixou claro o que todos sentiam: gratidão e muito carinho! Depois de 5 dias de construção e muitas trocas, as crianças tinham um espaço de educação quase concluído, e nós, voluntários, aprendizados de uma cultura encantadora. A vida mudou. A cabeça expandiu. Que seja um caminho sem volta.”

Só temos a agradecer a Volunteers Peru, ONG parceira para execução desse projeto, por toda a organização e parceria para realização desse projeto e para todos nossos voluntários que tornam esses projetos possíveis, sem eles jamais teríamos tirado esse sonho do papel.

E que venha 2020 com novos projetos e novas realizações! 😊