É seguro mulher na Índia?

. .

É seguro para mulher viajar na Índia? 

A Índia é um dos nossos destinos mais procurados, seja pela sua cultura, história, espiritualidade ou  pelos projetos com os quais trabalhamos. É, na verdade, uma soma de fatores! No entanto, pessoas interesasdas seguidamente nos perguntam: é seguro mulher na Índia? É mais perigoso que o Brasil? Tem algum risco para mulheres na Índia? Quais cuidados devo ter?

Há anos realizamos viagens individuais para o país e também já levamos um grupo de 15 mulheres  na Índia para atuar em um dos nossos projetos parceiros por duas semanas. Elas também aproveitaram para fazer um belo roteiro turístico, é claro!

Então, acreditamos que temos experiência o suficiente para tirar algumas dúvidas suas com relação à segurança na Índia.

Nesse post vamos mostrar como uma mulher pode viajar na Índia com segurança e responder as perguntas:

1. Como devo me preparar para uma viagem à Índia?
2. Mas eu pesquisei e li que não é seguro para mulheres na Índia. E agora?
3. Afinal, é seguro ou não para uma mulher viajar na Índia?
4. Depoimento de quem já foi.


1. Como devo me preparar para uma viagem à Índia?

Está fazendo a sua primeira viagem internacional com a Exchange do Bem e escolheu a Índia como destino?

Ou apenas não acha que seja muito seguro viajar como mulher para a Índia, mesmo já sendo experiente? 

Nós garantimos a segurança dos nossos voluntários durante nossas viagens e aqui na Exchange do Bem, nós inspecionamos todos projetos que apoiamos e criamos uma equipe parceira em cada país para dar suporte ao voluntário. Essas precauções são necessárias para criar um ambiente seguro ao voluntário.

Além disso, capacitamos todo voluntário com cursos online gratuitos. Os cursos vão de reflexão sobre o papel do voluntário, mensuração de impacto social até cursos técnicos.

Durante a sua viagem, você terá todo o apoio logístico e suporte local desde a chegada no aeroporto até o momento que você partir. Além disso, temos roteiros prontos de passeios opcionais pelas maiores atrações turísticas de diferentes regiões.Tudo organizado com estadia, transporte, refeições e guias locais que garantem que qualquer mulher possa viajar com segurança.

Assim, sempre recomendamos que você leia bastante sobre a cultura local antes da viagem e se prepare para as atividades que irá realizar durante sua estadia. Além disso, suas maiores preparações serão com relação à documentação necessária como visto e passaporte e a mala para a viagem! 


E se eu não for viajar com a Exchange do Bem, ainda é seguro para uma mulher viajar na Índia?

Caso não esteja fazendo sua viagem conosco, não se preocupe! Você só terá que fazer por conta própria a preparação de alguns cuidados antes da viagem:

Elaboração do Roteiro

Nunca viajou para fora ou tem pouca experiência? O ideal é que seu roteiro contenha apenas (ou ao menos a maior parte dele) atrações e locais mais conhecidos do país como, por exemplo, Taj Mahal, Pushkar, Udaipur, Goa, Mumbai, entre outros. Ao se habituar e adquirir confiança, explore diferentes opções de roteiros.

Seguro Viagem

Muito do que você vai vivenciar é diferente do que experimentamos aqui no Brasil. Os hábitos de higiene, por exemplo, não são os mesmos. Por isso, seu corpo talvez precise adquirir alguns anticorpos adicionais para se adaptar à culinária ou clima local. Sendo assim, é imprenscindível que você tenha um seguro viagem que possa confiar caso precise de um atendimento médico.

Caso não saiba onde adquirir, você pode cotar e comprar aqui.

Medicamentos e Vacinas

Ainda na linha de saúde, em primeiro lugar não se esqueça de consultar um médico para lhe indicar os melhores remédios para você. Seu corpo vai ser desafiado: desde os pulmões até o estômago. Depois disso, ter os remédios certos em mãos podem lhe poupar dias de repouso em hotéis! Para vacinas, a única obrigatória é a da Febre Amarela. Ela deve ser tomada com 10 dias ou mais de antecedência do seu embarque e é válida para a vida toda. Não se esqueça de levar o certificado internacional de profilaxia!

Por fim, outras vacinas recomendadas pela ANVISA para qualquer viagem são: tétano, difteria, hepatites A e B, tríplice viral e antirrábica.

Chip de Celular

Hoje em dia, estar conectada nos dá muito mais segurança. Na Índia, adquirir um chip de celular é um processo bastante burocrático. É possível conseguir um de maneiras mais fáceis, mas se for fazer com as grandes operadores, às vezes é preciso até ter uma pessoa indiana conhecida com você. Para evitar isso, é recomendável já sair do Brasil com um chip internacional. O custo é BEM mais elevado, mas vai lhe poupar algumas horas na loja tirando fotos e preenchedo papelada. Também já lhe dá a garantia de ter o serviço de internet desde a chegada, enquanto que comprando lá pode demorar até 24h para ativar o serviço.

Mente Aberta e Pesquisas

Por fim, se prepare para uma viagem de descobertas. Seja na cultura, nos costumes, na culinária, na religião. Muito do que você vai vivenciar e encontrar é diferente do que estamos acostumados no Brasil. Portanto, pesquise, pesquise e pesquise. Assim, você vai conseguir alinhar suas expectativas com a realidade indiana e irá minimizar as chances de imprevistos e frustrações!

Bom, com isso a sua preparação para a viagem já tem o essencial bem organizado. Então, estando preparada e com a mentalidade certa, qualquer mulher pode viajar na Índia com segurança.

seguro mulher na índia

 
2. Mas pesquisei e li que não é seguro para mulheres na Índia. E agora?

Durante suas pesquisas você encontra lê notícias e histórias sobre quão perigosa a Índia é para mulheres. Isso começa a mexer com você e aí em consulta com amigos ou conhecidos eles concordam.

“Você vai sozinha para a Índia? Certamente está maluca!”
“Lá é extremamente perigoso! Parece que há abusos contra mulheres na Índia toda hora!”

E por aí vai. Mas, será que é VOCÊ que tem receio de viajar para a Índia ou talvez outras pessoas que lhe colocam esse medo? 

É provável que quem fale isso nunca nem esteve na Índia. Então, tente não basear sua percepção na ideia imaginária de outras pessoas. Converse com quem realmente já esteve lá, busque referências qualificadas para lhe contar como foi a experiência deles.

Então, se você não conhece ninguém que já tenha viajado pra lá, participe do nosso grupo no Facebook e Telegram. Lá você pode conversar tanto com pessoas interessadas quanto com quem já foi!

Será que no Brasil é muito mais seguro?

Talvez você se pergunte sobre notícias de jornais/websites que demonstram os perigos de viajar para a Índia sendo mulher. Muitas das matérias são sobre casos isolados ou em áreas afastadas. Quando são sobre uma cidade grande, como Nova Delhi por exemplo, é preciso colocar tudo sob perspectiva. Nova Délhi possui mais de 22 milhões de habitantes (isso equivale a quase 4x o Rio de Janeiro).

Se abrirmos um site de notícias na seção de polícia do RJ, talvez assuste um pouco potenciais turistas, não? Mas sabemos que a cidade do RJ é muito mais do que os casos de violência existentes. O turismo se mantém constante por lá, sendo possível vivenciar ótimas experiências.

Muitas das nossas voluntárias relatam que se sentem mais inseguras no Brasil no que na Índia. Mas é claro que ao viajarmos para um lugar desconhecido, não estamos atentos a todos os detalhes que podem indicar estarmos em situações que nos colocam em risco. Isso porque podemos estar deslumbrados com a quantidade de novidades que não percebemos alguns possíveis perigos.


3. Afinal, é seguro ou não para uma mulher viajar na Índia?

Sim e não!  A verdade é que cabe a você tornar a viagem segura. Então, além das dicas que demos acima, quando estiver viajando por lá você deve fazer o possível para minimizar riscos. Veja:

Transporte Local

Na maioria das regiões, o UBER funciona super bem. Ao invés de entrar em um táxi ou tuk tuk qualquer, opte pelos do aplicativo e tenha sempre o mapa aberto em seu celular. Assim você pode mostrar ao motorista direitinho onde quer ir e acompanhar o trajeto. Se estiver viajando com mais pessoas, pode compartilhar a localização com elas também. Caso pegue um trem, na Índia em muitos deles há vagões apenas para mulheres.

Roupas

Sim, cada um tem seu estilo pessoal. Porém, na Índia (da mesma forma que em qualquer outro país) é importante que você respeite a cultura local. Você obviamente não precisa usar roupas tradicionais indianas, mas evite sair sem sutiã, usar roupas decotadas e shorts ou saias curtas que assim você evitará chamar tanto atenção para si mesma. E isso está muito ligado ao próximo tópico.

Curiosidade com Estrangeiros

Até mesmo homens estrangeiros chamam a atenção e não de uma maneira sexualizada. Apenas curiosa. É muito comum tanto com homens e mulheres que as pessoas peçam para tirar fotos com você, seja na rua, em um restaurante, loja, etc. A maioria dos pedidos é genuíno, mas há casos em que pode haver um aproveitamento da situação, podendo se tornar um episódio de assédio. 

Caso se sinta desconfortável, não se sinta reprimida. Expresse sua vontade de que aquilo pare em voz alta e, se preciso, encontre um estabelecimento comercial e chame a polícia. A maioria dos homens que passam do limite têm medo de ter que dar explicações aos policiais porque há sim leis no país contra assédio.

Assim, o mais seguro é negar educadamente os pedidos, mas tente não ver malícia em tudo. A troca cultural ao interagir com pessoas de outro país é uma das experiências mais legais de uma viagem. E na Índia, você certamente encontrará um dos povos mais solicitos e preocupados em fazer com que a sua experiência seja a melhor possível.

Pertences

Sempre – SEMPRE – mantenha com você seus documentos junto ao corpo, nunca em bolsas ou mochilas. Quem já perdeu documentos no exterior sabe como isso atrapalha a viagem. Então, invista em uma doleira/pochete que seja boa.

Indicações e horários

Peça indicações na recepção da sua acomodação de como chegar aos lugares. Pergunte onde não é seguro, onde é mais tranquilo e evite sair à noite sozinha. Já de dia você vai ver que há MUITO mais homens nas ruas da Índia do que mulheres, então se precisar sair à noite sozinha, deixe avisado onde vai e quando volta.

Idioma

Pratique o seu inglês! A Índia já foi uma colônia britânica, então praticamente todos falam ao menos um pouco de inglês por lá. A comunicação é importante em uma viagem, então invista um pouco de tempo para afiar o idioma.

4. Depoimento de quem já foi

Fernanda e Mirna participaram de uma viagem em grupo da Exchange do Bem para a Índia. Porém, antes disso, foram por conta própria passar alguns dias conhecendo outras regiões do país. Experimentaram a Índia com tudo que ela tinha para oferecer!

seguro mulher na índia seguro mulher na índia

Dessa forma, ficam aí algumas dicas para que você possa experimentar como é seguro viajar como mulher na Índia. nossas orientações para que sua viagem como mulher na Índia seja a melhor e mais segura experiência possível!

Você também pode dar uma lida no nosso texto que explica TUDO sobre intercâmbio voluntário aqui! E quem sabe sua próxima viagem seja para a Índia conosco – nossa próxima viagem em grupo será em julho de 2021, confira abaixo.

seguro mulher na índia