Como funciona um Intercâmbio Comunitário?

. .

Num mundo tão globalizado e conectado, surgiram muitos tipos de intercâmbio. Essa diversidade de opções faz com que as pessoas fiquem curiosas para entender a diferença entre eles. Assim, nesse artigo explicaremos como funciona o intercâmbio comunitário. Falaremos também sobre o intercâmbio voluntário.

O que é um Intercâmbio Comunitário?

Um intercâmbio comunitário se propõe a trocar o seu trabalho por alojamento e alimentação. Essa opção existe aqui no Brasil e também no exterior. Certamente é uma maneira barata de viajar, viver diferentes experiências e conhecer pessoas bacanas.

São várias as atividades que podem ser realizadas em um intercâmbio comunitário, tais como: cuidar das mídias sociais e da recepção de um hostel; trabalhar com a mão na massa em uma fazenda de produção orgânica de alimentos; ajudar na cozinha de um bar ou restaurante; ser babá de famílias ou cuidar de cachorros; dentre várias outras.

Como participar de um intercâmbio comunitário?

Para participar de um intercâmbio desse tipo, existem vários sites que te ajudam a achar um trabalho que seja interessante para você. Os principais sites atualmente são: Work Away, World Packers, Helpx e Hippo Help.

Geralmente nesses sites, a pessoa interessada paga uma taxa anual, monta o seu perfil e corre atrás de trabalhos que possa se aplicar. Da mesma forma, os locais que querem receber os participantes especificam o que eles precisam, o que oferecem, onde ficam e a carga horária de trabalho.

É o próprio interessado que se aplica nas vagas disponíveis. Além disso, é preciso que o local que você tenha se interessado em trabalhar, também se interesse pelo seu perfil e te aceite no período desejado. As plataformas em si não te dão nenhum suporte nesse processo. Cabe ao participante organizar toda a sua viagem, documentação e fazer o contato com o local de trabalho.

Quais os prós e contras desse tipo de intercâmbio?

PRÓS: A principal vantagem do intercâmbio comunitário é que ele é muito barato e acaba sendo aparentemente acessível para todos. Entretanto, o participante tem muita autonomia de escolha e é o local escolhido que vai avaliar seu perfil e te aceitar ou não. Caso você não seja aceito em determinado local, você pode se aplicar para outros locais novamente.

Eventualmente para os interessados que já são experientes e muito independentes é uma boa opção de viagem. Os viajantes natos, que falam o idioma exigido perfeitamente, e que não necessariamente querem um trabalho com impacto social positivo, o intercâmbio comunitário pode parecer a viagem dos sonhos.

CONTRAS: No entanto é importante ressaltar que essas plataformas não fazem a inspeção dos locais de trabalho disponibilizados, então muitos relatam que o que estava descrito no site era muito diferente da realidade. Além disso, em muitos depoimentos é possível perceber alguns projetos fakes, como orfanatos ilegais, e que a comunidade não reconhece o trabalho que eles realizam.

Por fim, essas plataformas assumem que você já está preparado para a sua viagem e não possuem cursos preparatórios, com capacitação dos participantes, e nem sequer mensuram o impacto positivo dos trabalhos realizados, visto que a maioria são postos de trabalho comuns e não um trabalho social. 

Como trazer impacto positivo para o meu intercâmbio?

E se você está preocupado que não é um viajante experiente, mas que deseja ajuda para achar o projeto ideal de acordo com o seu perfil, o que fazer? Se você já sabe que quer um trabalho social que cause impacto positivo, não se preocupe, existem outras opções para você também.

O primeiro passo é escolher uma empresa confiável, que inspecione os projetos,  capacite os voluntários e faça a mensuração de impacto de seus programas. E aí, basta começar a organizar o seu intercâmbio voluntário.

Quer saber mais como participar de um Intercâmbio Voluntário? 

Explicamos os 7 passos  para fazer um intercâmbio voluntário no nosso blog também. Assim, depois de tudo analisado e já escolhida a modalidade melhor para você, é só concretizar o seu sonho. Inegavelmente essa experiência vai mudar você!