Como ser voluntário fora do Brasil?

. .

Como ser voluntário fora do Brasil?

Você pensa em ser voluntário fora do brasil e não sabe por onde começar? Pois saiba que esta é uma dúvida muito comum e vamos mostrar para você o caminho!

Participar de um projeto no exterior muitas vezes pode parecer desafiador por ser uma cultura diferente da nossa, um idioma que não dominamos ou ainda nossa primeira vez fora do país, mas organizar a viagem pode ser muito mais fácil do que você imagina. Separamos informações e dicas valiosas!

Qual causa você gostaria de ajudar?

A cada ano, recebemos diversos voluntários interessados em participar de um projeto social no exterior. São pessoas que abdicam do seu conforto para dedicar parte do seu tempo, sem remuneração, para desenvolver diversas atividades como em países na África, Ásia e América Latina.

Nestes programas, você poderá auxiliar causas de proteção à infância, educação, saúde, proteção aos animais, esportes, empoderamento feminino e ajudar na melhoria da qualidade de vida de uma comunidade.

O voluntariado contribui para a construção da confiança e reciprocidade entre as pessoas. Seja qual for a causa escolhida, ele é uma troca, pois quando nos doamos em prol de uma causa, não só deixamos algo no local, como também trazemos de volta as vantagens que cada experiência proporciona.

Não sabe qual projeto escolher? Você pode filtrar por destino e por projeto para conhecer os mais de 70 programas que apoiamos!

Importante escolher um projeto confiável

Para que você possa participar de um projeto confiável, busque sempre organizações com um trabalho consciente e sustentável, que inspecionam o projeto antes, tenham uma equipe parceira no local, ofereçam um curso de capacitação para o voluntário e que tenha uma área específica para avaliar o impacto social.

Para garantir que esta seja uma experiência transformadora tanto para você como para o projeto, uma agência pode facilitar muito a organização da sua viagem.

Aqui na Exchange do Bem, nós inspecionamos todos os projetos que apoiamos e temos uma equipe engajada em cada país para dar todo o suporte necessário aos voluntários.

Buscamos criar um ambiente seguro, isso significa que você sairá do Brasil sabendo o endereço da sua acomodação, o contato de emergência no país local, os contatos do motorista responsável por buscar você no aeroporto e poderá sempre contar com o apoio da nossa equipe aqui do Brasil.

Isso garante que você pode focar apenas em ser voluntário fora do Brasil, e todas as outras demandas ficam por nossa conta!

Quiz para ser voluntário fora do Brasil

É necessário falar inglês, espanhol ou o idioma local para ser voluntário fora do Brasil?

Existem projetos para todos os perfis de voluntários! 😊

A maioria dos programas pode exigir que você tenha conhecimento a partir do nível intermediário em inglês ou em espanhol para compreender as tarefas no dia a dia do projeto.

Para quem não tem esse conhecimento, há projetos que são desenvolvidos em países onde a língua falada é o português como Brasil e Moçambique. Você também tem a opção de participar de atividades realizadas com um grupo de voluntários.

Nós trabalhamos com duas modalidades de viagem: individual ou em grupo, em todas as viagens você contará com o suporte de uma equipe local.

Na viagem em grupo as datas são pré-estabelecidas, normalmente vai um líder de grupo brasileiro junto e não é necessário conhecimento em inglês. Veja aqui o que realizamos em nossa última viagem em grupo para Gana!

Nas viagens individuais você escolhe o destino, o período e o projeto que deseja ajudar. Tudo de acordo com seu nível de inglês, suas habilidades e disponibilidade para viagem.

As suas habilidades podem fazer a diferença!

Cada lugar possui sua própria necessidade e entender o seu perfil e habilidades é o primeiro passo para essa seja uma ótima experiência e gerarmos o impacto positivo desejado.

Todos nós temos habilidades que podem nos ajudar em nossa carreira, profissão, assim como no trabalho voluntário! O que você sabe fazer hoje que poderia ensinar a alguém?

Você pode ser ótimo com leitura, números, ser bom em atividades esportivas, gostar de ensinar ou simplesmente se dedicar para proporcionar melhor qualidade de vida de outras pessoas. Em algum lugar tem uma pessoa que gostaria de aprender o que você sabe fazer de melhor!

Através dos nossos programas, você pode realizar essa troca com diversas pessoas fora do Brasil. Alguns programas podem exigir habilidades específicas, mas de maneira geral, para participar é necessário ter mais de 18 anos e muita disposição para fazer a diferença.

Na Exchange do Bem, nossos consultores auxiliam a identificar qual projeto faz mais sentido para o que você está buscando, de acordo com o seu conhecimento no idioma, experiências pessoais e profissionais, destinos de interesse, disponibilidade de datas e o que mais for relevante para essa vivência.

Capacitação para o voluntariado: como se preparar para essa experiência?

O voluntariado é para muitos a realização de um sonho. Você já decidiu destino, a causa que gostaria de ajudar, refletiu sobre suas habilidades, mas ainda tem muitas dúvidas sobre como vai ser na prática?

Para ajudar a preparar você para essa experiência, temos uma plataforma online com cursos de capacitação exclusiva para transformar nossos voluntários em verdadeiros agentes da mudança!

São diversos materiais que vão ajudar a entender melhor como ser um voluntário, o seu papel nos projetos, ver a diferença entre atitude e habilidade, rever suas suposições e outros que podem ajudar no desempenho das atividades durante sua estadia no local, tornando esta uma experiência única tanto para você, como para o projeto.

Esse é um grande diferencial da Exchange do Bem, pois inspecionamos os projetos, capacitamos os voluntários e depois mensuramos o impacto social, resultado do conjunto de viagens.

Com isso, todos voluntários têm uma experiência transformadora e conseguimos impactar positivamente os projetos e comunidades atendidas.

Preparando a documentação necessária

Para participar de um trabalho voluntário no exterior é necessário estar atento para alguns documentos. O destino escolhido exige passaporte e visto? Tem vacinas obrigatórias ou recomendadas? Qual o melhor aeroporto para chegar?

É importante pesquisar com antecedência para que você consiga viajar com tranquilidade. As respostas para essas perguntas dependem do destino que você escolher e da duração da sua viagem.

Para alguns países da América Latina você poderá viajar somente com a sua carteira de identidade, desde que esta tenha data de emissão menor que 10 anos, e não é necessário obter visto.

Para países na África e na Ásia, será necessário ter um passaporte válido por até 6 meses no momento do seu embarque. Dependendo do destino, pode ser que seja necessário também retirar o visto.

Para que tudo corra bem, é recomendado entrar em contato sobretudo com as representações oficiais do país de destino para ter certeza de que tem todas as informações para fazer seu intercâmbio voluntário.

Se seus planos são viajar com a Exchange do Bem, não precisa se preocupar com isso. Nós passaremos todas as informações necessárias para você não ter nenhum problema durante sua viagem.

Tem algum custo para ser voluntário fora do Brasil?

Quando você viaja, existem custos com passagens aéreas, transporte, hospedagem e alimentação. Os projetos sociais não conseguem arcar com esses gastos sozinhos e alguns também precisam de doação para manterem suas atividades.

É preciso ter em mente que você está participando do projeto para ajudar. Por isso, não podemos esperar que uma organização que precisa de voluntários tenha gastos extras. Por isso é importante se planejar antes para saber quanto custa realizar um trabalho voluntário no exterior.

Ao realizar a sua viagem com uma agência, que fará o meio de campo entre você a organização, considere também taxas de administração que cobrem os custos do processo, como impostos, campanhas de marketing, apoio aos voluntários, gastos com comunicação e inspeções dos projetos. Existe todo um trabalho realizado com seriedade e comprometimento para que tudo corra bem para as duas partes.

Pronto para embarcar para o voluntariado em outro país? Algumas dicas valiosas!

Seja aberto para vivenciar principalmente novas experiências e disposto a mudar a sua perspectiva. Lembre-se que existe um contexto para aquela situação estar acontecendo. Muitas vezes envolvem questões complexas, precisamos ter um olhar atento para identificar a melhor forma de ajudar.

Busque escutar as necessidades das pessoas e compreender o jeito delas de fazer as coisas, a cultura da organização, seja empático e tenha sensibilidade. Procure se adaptar às suas regras, tradições e costumes.

Ser voluntário fora do Brasil é uma experiência enriquecedora em muitos sentidos, afinal, você conhecerá um outro país, estará inserido em uma nova cultura e em contato com a população local, enquanto ajuda em uma causa nobre e aumenta a sua perspectiva sobre o mundo.

Já conhece a Exchange do Bem?

Somos uma empresa social que tem o objetivo de fomentar o voluntariado, conectando voluntários com diversos projetos ao redor do mundo. São mais de 70 opções na África, Ásia e América Latina para você realizar seu intercâmbio voluntário.

Seja nosso voluntário e nos ajude a transformar o mundo em um lugar melhor. Comece escolhendo o seu projeto ou entre em contato conosco para te ajudar a descobrir o melhor projeto para o seu perfil.

intercâmbio voluntário